Amazon suspende vendas de smartphones BLU por questões de privacidade e segurança

Em novembro do ano passado, relatamos um problema referente a um smartphone BLU que tinha um software controverso conhecido como Adups. O relatório original veio da KryptoWire, que apontou que o BLU R1 HD que estava sendo vendido pela Amazon tinha esse software invasivo pré-instalado nos dispositivos. Este software é da Shanghai Adups Technology Co. Ltd. e está instalado em mais de 700 milhões de dispositivos em todo o mundo.

Para quem não sabe, o Adups é muito semelhante a um software conhecido nos Estados Unidos, chamado CarrierIQ. O CarrierIQ foi anunciado como um pacote de software de diagnóstico móvel, mas registrou uma tonelada de informações sobre o smartphone de uma pessoa. A lista incluía recursos como gravações de SMS, transmissão de SMS, IMSI, exfiltração de IMEI, transmissão de registros de chamadas, injeções de comandos e muito mais. O pacote de software da Adups faz tudo isso e muito mais.

Fonte: KryptoWire

Naquela época, o BLU divulgou um comunicado dizendo que o Adups não deveria ser incluído nos smartphones enviados nos Estados Unidos. A empresa disse que eles possuíam terceiros lidando com atualizações do OTA e eles simplesmente "cometeram um erro". Eles nos asseguraram que uma nova atualização do OTA foi desativada que desabilitou esse software, para que mais informações não pudessem ser transmitidas de volta aos servidores na China. Muitos pensaram que o problema havia terminado, mas nove meses depois, a Amazon decidiu intervir.

Enquanto a Amazon vendia o BLU R1 HD como parte da coleção de smartphones Prime Exclusive da empresa, o varejista também vendia vários outros smartphones da BLU. Não temos certeza se esse software Adups é a razão pela qual a Amazon decidiu interromper as vendas dos smartphones da BLU, mas a empresa disse que "a segurança e a privacidade de nossos clientes são da maior importância" e que os telefones da BLU não estariam disponíveis na Amazon.com até que o problema seja resolvido.

Se é realmente por causa dos Adups, é curioso saber por que a Amazon levou 9 meses para finalmente fazer alguma coisa. A BLU diz que está em um processo de revisão para poder reinstalar seus dispositivos no site da Amazon.

Fonte: CNET